quarta-feira, 5 de maio de 2010


“lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.”
1 Pedro 5:7

Sabemos que as verdades expostas na palavra de Deus, a Bíblia, são inexoráveis incorruptíveis e eternas.

Porem, se atentássemos para elas da maneira que Deus as eternizou e registrou na Bíblia, se as colocássemos em pratica na nossa vida, no nosso dia a dia, nas nossas dificuldades, nosso cotidiano, viveríamos uma vida muito distinta da vivida hoje.

Um amigo uma vez me disse que esse versículo continha a síntese do evangelho. Obrigado Lucena. Imagine quem esta escrevendo, nada mais nada menos que Pedro, aquele que desesperado, negou a Jesus, fugiu, se escondeu, envergonhado, visualizou o fim do sonho. Sua mente amedrontada, desistia do que ele desejava, cedia as pressões da alma que agora o acusava e o desabilitava, alicerçada sobre uma mistura de sentimentos, culpa, vergonha desespero...

Esse homem é revigorado com a ressurreição de Cristo, nasce nele uma coragem, uma decisão, uma ousadia incontrolável e uma confiança inabalável naquele que foi e é seu mestre, o autor e consumador da sua fé. Aquele não é mais o mesmo Pedro de antes.

Livrando se de tudo que tira o nosso sono, a nossa paz, que gera expectativas trágicas e inseguranças, que pode nos fazer retroceder como a prisão, crucificação e morte de Cristo Jesus naquela cruz do calvário, Você tem que viver a mesma experiência de Pedro.

Pedro não afirma que Ele vai cuidar, vai se preocupar ou que vai se importar com as sua aflições. Pedro afirma ELE TEM CUIDADO DE VOS, Ele esta debruçado, atento a todas as situações da sua vida, ele interage, preserva, trabalha a sua mente, o seu coração e a sua vida por completo.

Amigo, o gesto para que essa manifestação da graça de Deus alcance a sua vida, é apenas o de você lançar, depositar, de confiar que Deus vai interferir. A sua atitude precipitará o agir e a intervenção de Deus na sua luta. É um gesto de fé mas acima de tudo, de fidelidade com o genitor da promessa que provoca-nos a viver um novo padrão de relação com Senhor.

E por que andais ansiosos quanto ao vestuário? Considerai como crescem os lírios do campo: eles não trabalham, nem fiam. Eu, contudo, vos afirmo que nem Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles.

30 Ora, se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós outros, homens de pequena fé? (Mateus 6:28 a 30)

Descansa no Senhor meu irmão, essas não são nem mais promessas, são a Graça de Deus dispensada sobre nós, seus filhos.